A Que Se Refere Realmente A Bíblia Com “Crer”?

Quando realmente crê na Bíblia, então te leva à ação! O crer não é um sentimento passivo.

Acreditar é muito mais do que o reconhecimento intelectual do que está escrito é verdade. Crer também é mais do que ter a confiança que a Bíblia é inspirada por Deus.  Realmente crer, significa ter fé em que Deus vive, que é ativo e está muito interessado em mim hoje.

“Mas sem fé é impossível agradar a Deus; porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que há.” Hebreus 11:6. ¡¡ Aqui está escrito que há um Deus! não que houve uma vez um Deus! Leia todo o capítulo 11 de Hebreus, e terá uma idéia de como os heróis da fé no Antigo Testamento venceram enormes obstáculos e diversos problemas através de sua fé. Serviam a um Deus vivo que os ajudava de maneiras surpreendentes.

A fé não é passiva

A fé em Deus impele-te a agir, como está escrito na última parte de Hebreus 11:6 “. e que é galardoador dos que o buscam.”  Os heróis da fé buscaram diligentemente a Deus e foram muito ativos em sua fé: “Pela fé Noé, quando foi advertido por Deus acerca de coisas que ainda não se viam, com temor preparou a arca.”  Hebreus 11:7. Hoje também devemos buscar diligentemente a Deus através da leitura, ter fé e simplesmente obedecer a Sua palavra e crer que é galardoador de nossa diligência.

Hoje também devemos buscar diligentemente a Deus através da leitura, e ter fé e simplesmente obedecer sua palavra e crer que é galardoador de nossa diligência.

Como Deus recompensa aqueles que O procuram? Há muitos exemplos disso em toda a Bíblia. Por exemplo, podemos ler em 2 Pedro 1:4 e ver que Deus “. nos deu preciosas e grandíssimas promessas.”  para que através destas promessas “cheguemos a ser participantes da natureza divina, tendo fugido da corrupção que há no mundo por causa da concupiscência.”

Uma preciosa promessa

Participar da natureza divina é uma recompensa fenomenal e não algo místico. A natureza divina não é mais que o fruto do Espírito: amor, gozo, paz, paciência, benignidade, bondade, fé, mansidão e temperança, como podemos ler em Gálatas 5.22-23. Outra forma de descrever a natureza divina é a vida de Jesus, que pode ser manifestada em nossa carne mortal. (2 Coríntios 4:11)

Mais uma vez, a diligência e a obediência são requisitos se quisermos participar destes frutos do Espírito. Devemos “fugir da corrupção que há no mundo por causa da concupiscência.” 2 Pedro 1:4. Devemos levar “sempre no corpo por toda parte a morte de Jesus.” 2 Coríntios 4:10. Este processo, onde fugimos desta corrupção, incluindo o pecado que habita em nós, e experimentamos ser cheios dos frutos do Espírito, é a própria essência no Novo Testamento.

Por meio de sua fé viva os heróis no Antigo Testamento experimentaram o grande poder de Deus para destruir seus inimigos e adversários. No Novo Testamento Deus fez algo ainda mais glorioso: Destruiu o pecado que habita na natureza humana na carne de Jesus. (Romanos 8:3) Deus não obrigou Jesus; pelo contrário, Jesus mesmo creu e obedeceu a Deus em todas as situações de sua vida.

Jesus venceu e tornou possível para ti e para mim vencer da mesma forma. (Apocalipse 3:21) Ele pode salvar-nos até ao máximo!

“Jesus lhe disse: Se você pode crer, ao que crê tudo é possível.” Marcos 9:23

 A que se refere realmente a Bíblia com