Como Podemos Orar Segundo A Vontade De Deus?

Como devemos orar? Orando segundo a vontade de Deus

“Pedis, e não recebeis, porque pedis mal, para gastar em vossos deleites.” Tiago 4:3.

Como devemos orar? O que devemos pedir? Segundo a Bíblia podemos pedir qualquer coisa em nome de Jesus e recebê-lo-emos. (João 14:13) Mas, por vezes, parece que as coisas pelas quais rezamos não são cumpridas, não são suficientemente rápidas ou não acontecem como esperávamos. Por que é assim?

“E esta é a confiança que temos nele, que se pedirmos alguma coisa conforme a sua vontade, ele nos ouve.” 1 João 5: 14. Então, qual é a vontade de Deus?

A vontade de Deus para nós é que nos arrependamos, e que nenhum pereça. (2 Pedro 3: 9) Em outras palavras, o seu desejo para nós é que sejamos salvos do nosso pecado! Há uma razão para todas as situações em que nos encontramos. Embora nosso entendimento humano normalmente não pode entender, cada situação é uma oportunidade para ser salvo do pecado. Podemos nos perguntar, “Por que isso tinha que acontecer comigo?” No entanto, essa atitude nos traz apenas inquietação e pensamentos obscuros. Não importa o que aconteça sempre podemos estar em repouso e também muito agradecidos, pois sabemos que Deus nos vai salvar através do que passamos.

Quando clamamos a Deus, pedindo-lhe ajuda, estamos buscando livrar-nos da situação, ou procuramos ser salvos? Em vez de pedir: “Deus, por favor tira esta situação de mim,” deveríamos dizer: “Deus, ensina-me de que posso ser salvo aqui; qual é a razão pela qual me meteste nisto?” Desta forma Ele pode nos mostrar nossa falta de amor para com os outros, por exemplo, ou nossa impaciência, inveja, ansiedade ou outras coisas que estão em nossa natureza. O principal motivo de nossas orações deveria ser que se cumpra a vontade de Deus, primeiramente em nós, e logo em nossas orações pelos demais.

Como devemos orar? Orar por santificação

Não sabemos o que é melhor para nós, mas podemos ter certeza que Deus sabe. Ele é capaz de nos salvar completamente. (Hebreus 7:25) Sejam conhecidas vossas petições diante de Deus (Filipenses 4: 6) mas nossa petição principal deveria ser que se faça Sua vontade em nossas vidas. Jesus tinha a mesma atitude. “Não se faça a minha vontade, mas a tua.” Lucas 22. 42.

Antes de que Jesus fosse crucificado disse: “Agora está turbada minha alma; e que direi? Pai, salva-me desta hora? Mas para isto cheguei a esta hora. Pai, glorifica o teu nome.” João 12: 27-28. Jesus não orou para ser salvo da situação, mas para ser salvo na situação. Um discípulo tem a mesma atitude. Em qualquer situação, nossa oração é: “Deus, ajuda-me a ser salvo.” Quando oramos dessa forma, então sabemos que Ele nos escuta. Nos ensinará do que temos que ser salvos, e do que temos que ser purificados.

Podemos orar por cura, por exemplo, e pode ser difícil de entender por que nem sempre se cumpre pelo que se ora. Mas, pode ser que Deus esteja usando essa situação para nos mostrar a ansiedade e descrença que habita em nós, ou para expor outros pecados de nossa carne. Nem todos serão curados, mas todos podem ser salvos. E nesse processo temos o consolo de saber que Ele jamais nos dará mais do que podemos resistir. (1 Coríntios 10: 13).

Então, como devemos orar? Quando entendemos o que Deus quer para nós, não pensemos que estamos aqui para “a boa vida” ou para ter uma vida cômoda. Estamos aqui para ser salvos. Se pensarmos assim, Deus ouvirá nossas orações, isso é certo.

 Como podemos orar segundo a vontade de Deus?