Cura, Fé, E Deus Dos Milagres

Podemos descansar seguros na fé de que Deus, que é o Deus dos milagres, escuta nossas orações. Ele é um Deus todo-poderoso – nem mesmo um pardal cai na terra sem sua vontade.

Um homem que tinha estado doente por trinta e oito anos tomou seu leito e se foi como um homem são. (João 5: 1-17)

Jesus colocou os seus dedos nos ouvidos de um homem que era surdo e gago. Suspirou e disse: “Sê aberto!” e seus ouvidos se abriram e ele foi capaz de falar claramente. (Marcos 7:32-35)

Pedro disse a um homem que fazia oito anos estava paralítico: “Jesus Cristo te cura; levanta-te, e faz a tua cama!”  Então se levantou de imediato. (Atos 9: 32-35)

“Faziam-se muitos sinais e prodígios no povo. e os que criam no Senhor aumentavam mais, tanto homens como mulheres.” (Atos 5: 12-15)

Há muitos exemplos de cura na Bíblia. Mas estes milagres são apenas uma coisa do passado? Deus cura a doença das pessoas? O que a Bíblia realmente diz sobre a cura?

Fé em um Deus Todo-Poderoso

Nos primeiros dias do cristianismo, quando a Igreja estava começando a ser construída, Deus usou milagres como estes para edificar a fé. Mas o denominador comum em todos estes milagres reside numa palavra. Fé. Nenhuma cura pode ser realizada sem fé em Deus, que é todo-poderoso para salvar. (Sofonias 3:17) Jesus disse à mulher que tocou a borda de seu manto para ser curada, “Filha, tua fé te fez salva; vai em paz, e fica curada de teu açoite!”  Marcos 5:34.

Deus é igual de poderoso para curar no tempo que vivemos agora. “Porque eu Jeová não mudo.” Malaquias 3:6. Por meio Dele está disponível o mesmo poder como no passado.

Uma consciência pura diante de Deus

Tiago escreve: “Está alguém doente entre vós? Chame os anciãos da igreja, e orem por ele, ungindo-o com óleo em nome do Senhor. E a oração da fé salvará o enfermo, e o Senhor o levantará; e, se houver cometido pecados, ser-lhe-ão perdoados. Confessai vossas ofensas uns aos outros, e orai uns pelos outros, para que sejais curados. A oração eficaz do justo pode muito.” Tiago 5:14-16.

“Confessai vossas ofensas uns aos outros, e orai uns pelos outros, para que sejais curados.” Deixai que a luz de Deus brilhe sobre vossa vida. Você sabe se está em pureza frente a Deus, ou se conscientemente esconde algo pelo que não está disposto a te dar por vencido. Não pode haver cura se houver algum pecado oculto. Reconhecer o próprio pecado e arrepender-se do pecado pode trazer cura. Não está escrito que confessar o pecado garante cura. Tampouco que a confissão é um requisito prévio para a cura. Se há algo que se interpõe em sua relação com Deus, algo que impede a seu espírito ser puro, então deve ser eliminado. E isso é tão verdadeiro e relevante para quem tem saúde perfeita como para quem está doente.

A doença, no entanto, nunca é um motivo para acusar alguém por ser injusto, menos a si mesmo. Isto inclui tanto transtornos físicos como mentais. Você pode se desgastar com a pergunta, “Por que Deus me castiga desta forma? O que eu estou fazendo errado?” Se você for honesto consigo mesmo, se você se purificar, e se você se cuidar, então tudo ficará bem.

Deus escuta nossas orações

Deus nos responde quando oramos. Como seres humanos, temos de estar reconciliados com o facto de que nem sempre Deus responderá às nossas orações da forma que esperamos. Nos versos está escrito: “A oração de fé salvará o enfermo.”  A enfermidade pode levar-nos a todo tipo de tentações – impaciência, intranquilidade, ansiedade, queixas, etc. Se utilizamos estas oportunidades para sermos salvos destes pecados, então Deus pode fazer uma obra em nós que não necessariamente teria sido realizada estando sãos. As provas que experimentamos podem fortalecer a nossa relação com Deus. E assim somos salvos! Salvos do pecado que está em toda a humanidade e que é a maior enfermidade de todas.

Temos um Deus que escuta nossas orações, e que não é indiferente com a gente. [ Continua na fé! Cree en el Deus de los milagros!

Você foi obediente ao que está escrito na carta de Tiago, e as orações de fé são diante do rosto de Deus. Ele leva estas orações em consideração. Eles podem recordar o coração de Deus. Ele nos ama e quer o melhor para nós. Ele escuta, e presta atenção, e no tempo justo trabalha. Temos um Deus que escuta nossas orações, e que não é indiferente a nós.

Às vezes a cura pode ser instantânea. Das portas da morte à plena saúde, num piscar de olhos. Em outras ocasiões, você nem sequer percebe que a seta começou a dar a volta da doença para a saúde. Às vezes um “milagre” é realizado através das mãos do médico. Mas nunca duvide que Deus ouviu suas orações. “A oração eficaz do justo pode muito.” B. Continua na fé! Cree no Deus dos milagres!

Podemos ler a história de Ezequias em 2 Reis 20. Estava doente, e logo a morrer. O profeta Isaías foi com ele e disse-lhe: “Assim diz o Senhor: Ordena a tua casa, porque morrerás, e não viverás.”  Mas Ezequias orou a Deus, e Deus enviou Isaías de volta a Ezequias com a mensagem: “Ouvi a tua oração, e vi as tuas lágrimas; eis que te sararei. E acrescentarei a seus dias quinze anos.”  O plano de Deus era que Ezequias morresse, mas suas orações comoveram o coração de Deus.

Perfeita paz em Deus

Podemos aprender a confiar em Deus em tal grau que estamos em perfeita paz Nele. Deus é poderoso para nos salvar. Da enfermidade e do pecado, que é a maior enfermidade de todas.

Acredita que nas mãos de Deus tudo está como deve ser. Na doença e saúde, esforce-se em seguir as pisadas de Jesus, e vence sobre o pecado. Utiliza as situações que Deus deu para ser transformado na imagem de Seu Filho. (Romanos 8:29) E quando chegar a hora de voltar para casa para estar com Deus, então você vai se alegrar! Não é uma morte eterna. Lembre-se. É uma vida eterna com o Senhor!

 Cura, fé, e Deus dos milagres