O Que É A Justiça?

A justiça faz tudo da maneira correta, sem pecado que a manche. Verdadeira justiça é natureza divina. Tudo faz corretamente; da maneira mais perfeita que existe. 

Isso significa que a justiça é algo inatingível para nós? No! Pedro diz: “.  por meio das quais nos deu preciosas e grandíssimas promessas, para que por elas chegassem a ser participantes da natureza divina.”  2 Pedro 1:4. Em outras palavras, foi-nos prometido que nós mesmos podemos ter natureza divina – nós mesmos podemos chegar a ser justos! Então, temos algo a perseguir. Levar-nos-á toda a vida a ter toda a plenitude da justiça, mas entretanto podemos ser justos na medida em que tenhamos luz, revelação de Deus e entendimento. A única coisa que temos que fazer é viver em obediência à fé. 

“Assim diz Jeová, teu Redentor, o Santo de Israel: Eu sou Jeová, teu Deus, que te ensina proveitosamente, que te encaminha pelo caminho que deves seguir. ¡ Oh, se você tivesse atendido meus mandamentos! Então fosse a sua paz como um rio, e a sua justiça como as ondas do mar.” Isaías 48:17-18. 

Praticando a justiça

Para mim praticar a justiça em minha vida diária é fazer a vontade de Deus conforme o que Ele faz em mim.  Como posso saber qual é a vontade de Deus em minha vida? Por meio do Espírito Santo, quem é meu Guia e meu Ajudador. Preciso andar no Espírito e não satisfazer os desejos da carne. Em outras palavras, preciso ser obediente ao Espírito e isso me guiará a não fazer minha vontade, senão a vontade do Pai. Então cresce o fruto do Espírito em minha vida. E o que é o fruto do Espírito? Justiça pessoal. Quando me desfaço de minha própria iniqüidade – do pecado em minha carne – o resultado será substituído por essa justiça pessoal.  

“Porque o fruto do Espírito está em toda bondade, justiça e verdade.” Efésios 5:9. 

A única coisa que Deus requer de mim é que seja fiel à luz que até agora tenho e por agora entendo. Deus não pede mais de mim, somente que seja fiel até onde tenha luz. Mas mais tarde, se eu permanecer fiel e caminhar na luz, a área de luz pode crescer e aumentar, e assim eu posso ter um desenvolvimento glorioso no que é bom.  “Mas a senda dos justos é como a luz da aurora, que vai aumentando até que o dia seja perfeito.” Provérbios 4:18. 

Mas que não está escrito que não há justo?

“Não há justo, nem mesmo um.” Romanos 3:10. Isto não significa que temos de continuar a ser injustos. Somos nascidos como pessoas injustas por natureza, cheios de egoísmo e com uma vontade própria. Temos paixões e desejos em nossa carne que nos levam a satisfazer nossa própria vontade, em vez de buscar e fazer a vontade de Deus. E é precisamente por isso que temos de perseguir a justiça com todo o nosso coração para que nos tornemos justos. Este é o evangelho de Cristo – que sejamos santificados, transformados e factos justos. 

Isto não sugere que o façamos nós mesmos, senão que é somente por meio do Espírito Santo em nossas vidas que podemos chegar a ser justos. O Espírito Santo convence-nos do pecado ao qual devemos renunciar e, por conseguinte, vencer, mas também nos dá o poder para o fazer. Portanto, à medida que a injustiça é vencida em nossas vidas, nós mesmos nos tornamos mais amorosos, pacientes, justos, bondosos, humildes, pessoas sem egoísmo, etc. Por outras palavras, a justiça aumenta!  E tudo isso é por meio do poder do Espírito, mas nós temos que estar de acordo por meio da fé com o que o Espírito diz e trata de nos convencer. Somos nós que temos que ser obedientes aos sussurros de Sua voz e colocar nossa própria vida, renunciando a nossa própria vontade para que Deus possa fazer a Sua. Esta é uma obra de fé. (Romanos 8:12-14).

A fé não tem nada a ver com minha própria força ou minhas próprias obras humanas. É Deus quem produz em mim tanto o querer como o fazer, e a Ele pertence a glória. Deus pode ser glorificado com a minha fé e justiça que resulta. (Filipenses 2:13).

 O que é a justiça?