O Que É A Perfeita Alegria?

Por que não estamos sempre felizes? Por que é tão fácil cair na inquietação e ansiedade? Por que leva tanto tempo para alcançar plena certeza de fé?

Não é a plena certeza de fé que dá a alegria e a paz que todos buscam? Este é um grande mistério.

A intranquilidade vem porque se tem exigências, busca honra dos homens ou bem deseja algo neste mundo. Uma pessoa pode ter muitas explicações para justificar sua inquietação, por exemplo, pode dizer que se preocupa com os outros ou tem uma própria compreensão do que é a justiça.

Quando começo a sentir-me inquieto, preciso ter um amor pela verdade para que possa encontrar em mim mesmo o que está criando esta intranquilidade. O próprio Jesus também teve que lutar. “Agora minha alma está perturbada; e que direi? Pai, salva-me desta hora? Mas para isto cheguei a esta hora.” João 12:27. Pouco depois pede ao Pai glorificar seu nome. Versículo 28. Se nós também estamos atentos em nossas situações como o fez Jesus em suas situações, então recebemos junto com Ele do óleo de alegria. Hebreus 1:9. Aqui vemos que o fundamento desta perfeita alegria e felicidade é amar a justiça e odiar o mal!

Em Hebreus 6:11-12 temos uma poderosa exortação: “Mas desejamos que cada um de vós mostre a mesma solicitude até o fim, para plena certeza da esperança, a fim de que não vos façais preguiçosos, mas imitadores daqueles que pela fé e paciência herdam as promessas.

Que Deus nos dê graça para que também nós, quando sentirmos inquietação, possamos encontrar a nossa vida e perdê-la. Precisamos lutar fervorosamente em nossas situações para que possamos chegar completamente à morte de Jesus. Assim é como Deus pode glorificar seu nome e como nós recebemos alegria, paz e repouso em todas as situações. Esta é a perfeita alegria!

Excerto de um artigo publicado pela primeira vez na edição da igreja «Skjulte Skatter», Outubro 2011, Norway

 O que é a perfeita alegria?