O Que É O Pecado?

Segundo o que está escrito na Palavra de Deus, o pecado é o que nos separa homem dele, e o salário do pecado é a morte. Mas o que é realmente o pecado? E como você sabe quando você cometeu pecado?

O que é o pecado? Saber o que é pecado – saber o que é mal

O pecado é a transgressão ou desobediência às leis de Deus. (1 João 3:14)

Deus escreveu Sua lei moral no coração de cada ser humano (Romanos 1:20) e quando somos tentados a pecar, a consciência percebe imediatamente que há perigo. A sua consciência (ou o seu entendimento entre o bem e o mal) adverte-o quando está prestes a transgredir a vontade de Deus e recorda-lhe os pecados que cometeu. A consciência está destinada a ser de ajuda para evitar que cometas pecado.

Sua consciência sabe distinguir entre o bem e o mal, assim que qualquer transgressão que é aprovada por sua consciência, considera-se pecado.  Entretanto, sua compreensão é limitada e talvez sua consciência não se assemelhe à perfeita vontade de Deus, já que pode ser facilmente influenciada por fatores externos, tais como as normas da sociedade e sua educação pessoal.  Quando você começar a servir e obedecer a Deus, Ele enviará o Seu Espírito Santo para guiá-lo à Sua perfeita vontade. O Espírito pode te iluminar em áreas onde sua consciência não pode, assim sua compreensão vem a ser cada vez mais parecida com a vontade de Deus.

A queda- o pecado entra no mundo

Para entender o conceito de “pecado” é importante entender sua origem. O pecado entrou no mundo quando Adão e Eva creram na mentira de Satanás e desobedeceram a Deus. Eles fizeram sua própria vontade em vez da vontade de Deus, e comeram da árvore do conhecimento do bem e do mal. Sua consciência despertou e perceberam que estava bem e que estava mal, e sabiam que tinham pecado. Por esse ato de desobediência, sua natureza humana foi corrompida e receberam uma natureza pecaminosa, ou uma carne pecaminosa.

Pecado na carne- Ter pecado

Toda a descendência de Adão e Eva herdou pecado na carne – não culpa, mas uma tendência ou inclinação a seguir sua própria vontade em vez de seguir a de Deus. Paulo escreve em Romanos 7:18: “Porque eu sei que em mim (na minha carne) nada de bom habita.”  Aqui ele descreve sua tendência de pecado, que ele herdou. A Bíblia menciona várias expressões para descrever esta tendência: o pecado na carne, o corpo do pecado, a lei do pecado, os desejos, a cobiça etc. Ele também é conhecido como “natureza pecaminosa” ou “pecado original.”

João escreve: “Se dissermos que não temos pecado, enganamo-nos a nós mesmos e a verdade não está em nós.” 1 João 1:8. O pecado que habita em ti é este pecado na carne – paixões e desejos – este é o pecado que herdaste. Isto não é erro teu: é algo com o que nasceste, e não leva consigo culpa. Cada vez que és tentado experimentas esta tendência. “Mas cada um é tentado quando de sua própria concupiscência é atraído e seduzido”. Tiago 1:14.

No entanto, há uma grande diferença entre ter pecado (o qual é ser atraído por suas paixões e desejos) e fazer pecado.

Quando você cometeu pecado?

Tiago continua escrevendo: “Então a concupiscência, depois que concebeu, dá à luz o pecado; e o pecado, sendo consumado, dá à luz a morte.” Tiago 1:15. Com isto entendemos que a tentação não se converte em pecado enquanto esta não houver efetuado uma concepção.  Esta concepção é realizada quando conscientemente você está de acordo com seus desejos. O resultado é que você comete pecado, seja em pensamento, palavra ou obra. Este é o pecado pelo qual você é responsável; agora você é culpado.  É possível receber perdão por esse pecado se te arrependes de todo coração. Mas depois de tal arrependimento, a intenção é que não volte a cometer pecado.

Leia mais nos seguintes artigos: “Ter pecado-fazer pecado”, e “Qual é a diferença entre tentação e pecado?”

Pecado inconsciente – obras do corpo

É claro que você pode agir, falar ou pensar contra a vontade de Deus, sem estar ciente disso naquele momento. A Bíblia chama esses atos de “obras do corpo”, e estar preso à lei do pecado que está em seus membros (leia mais sobre isso em Romanos 7 e 8).  Porque estas inclinações nunca passaram através de sua consciência, não há punição para essa obra do corpo. Deus não te condenará por um pecado do qual não está consciente. No entanto, essas ações podem vir à sua mente posteriormente e você tem que lidar com elas. Ou seja, devem ser julgadas e rejeitadas por sua mente, deve fazer morrer as obras da carne por meio do Espírito. (Romanos 8:13)

Ninguém tem de pecar!

Ainda que na sua carne mora o pecado, não necessita fazê-lo nem praticá-lo. Quando se é tentado a pecar, pode-se optar por não pecar. Você pode escolher fazer a vontade de Deus ao invés de concordar com seus próprios desejos e concupiscências.

Este entendimento abre uma porta para uma vida incrível! Realmente é possível ter sempre uma consciência pura. ¡ Realmente é possível viver uma vida sempre agradando a Deus! ¡ Realmente é possível vencer o pecado e a morte e ser partícipe da natureza divina e a vida eterna! (2 Pedro 1: 2-4).

 O que é o pecado?