O Que Significa Ser Partícipes Da Natureza Divina?

Em 2 de Pedro 1:4 está escrito: “Por meio das quais nos deu preciosas e grandíssimas promessas, para que por elas chegassem a ser participantes da natureza divina, havendo fugido da corrupção que há no mundo por causa da concupiscência.”

Isto soa surpreendente. Podemos ser partícipes da natureza divina? O que significa isto? Não é blasfêmia dizer que podemos tornar-nos divinos, como Deus?

O que é a natureza divina?

O crer que pessoalmente posso ser partícipe da natureza divina não significa que quero chegar a ser maior que Deus. Nem que estou a tentar igualar-me a ele. Entre outras coisas que como Deus nunca chegarei a ser: Todo-poderoso, o Criador, onisciente, etc.

Converter-me num participante da natureza divina significa que as características da natureza de Deus se tornam minhas. Por exemplo, entre outras coisas, a natureza divina é:

  • Bondade
  • Mansedumbre
  • Justiça
  • Misericórdia
  • Piedad
  • Longanimidad
  • Paciencia
  • Gozo
  • Paz
  • Domínio próprio
  • Fidelidade
  • Li>Benignidad
  • Honestidade
  • Mas o maior de todos é o amor.

Nenhum de nós tem estas características como parte de nossa própria natureza, sem que tenham sido corrompidas pelo pecado em algum ponto. As características humanas que são “boas” são limitadas, falham constantemente e tendem a ser egoístas. Há uma grande diferença entre justiça ou amor humano, à justiça e ao amor de Deus.

Natureza humana

Em Tiago 1:13 está escrito sobre Deus e que Ele não pode ser tentado pelo mal. Por outro lado, todo ser humano tem uma carne com paixões e desejos, ou a inclinação ao pecado, o que causa que sejamos tentados. Essa é a natureza humana. No entanto, se eu for fiel e obtiver vitória sobre a tentação de pecar, passo a passo posso ir me desenvolver para que o pecado em minha carne seja levado à morte. Então estas características divinas, que são puras e perfeitas, podem ser feitas em minha vida pelo Criador. É um processo de transformação.

Lentamente mas seguro, o fruto do Espírito, que é outra forma de dizer: natureza divina, começa a substituir o pecado na minha carne. Isto está claramente escrito em Gálatas 5:16-26. À medida que sigo fielmente Jesus no caminho da vitória sobre o pecado, minha natureza se torna divina em lugar de humana. ¡ Eu posso seguir o exemplo de Jesus através do Espírito Santo dentro de mim, que me mostra a verdade e me dá poder para vencer!

Isto é algo de que tenho que estar consciente. Não ocorre automaticamente. Só acontece se conscientemente faço uso das oportunidades que obtenho diariamente para vencer coisas como: o orgulho, irritação, pensamentos impuros, malicia, inveja, fofocas, preguiça, egoísmo, etc.

Jesus – alguém que podemos seguir

Está escrito que Jesus não considerou o ser igual a Deus (tendo todo o direito de fazê-lo), senão que se humilhou a si mesmo fazendo-se semelhante aos homens, e na condição de homem se fez obediente até a morte, por isso Deus o exaltou até o máximo. (Filipenses 2:5-11) Também está escrito que a plenitude da Deidade habita corporalmente em Cristo. (Filipenses 2:5-11) Isto significa que, enquanto estava na forma humana, Jesus conseguiu transformar completamente a natureza humana para a natureza divina. E agora devo seguir este caminho que Ele traçou para mim: o caminho de humildade e obediência. Através de fé e paciência isto é possível.  “Vós também, pondo toda diligência por isto mesmo, tende a vossa fé virtude; à virtude, conhecimento; ao conhecimento, domínio próprio; ao domínio próprio, paciência; à paciência, piedade; à piedade, afeto fraterno; e ao afeto fraterno, amor.” 2 Pedro 1:5-7.

Leitura adicional: O que significa que Cristo veio em semelhança de carne de pecado?

Não é algo que eu faça com minha própria força. É uma obra que Deus faz em mim; um milagre! Então torna-se evidente que minhas ações, motivos e propósitos na vida se tornam divinos, e se encontram acima do que é “normal” para as pessoas. O resultado de Deus fazendo este milagre em mim, através da minha obediência pela fé e pelo poder do Espírito Santo, é que os pensamentos de Deus, que são muito mais altos que meus pensamentos, como os céus que estão acima da terra, se tornam meus pensamentos!

O fato de que Deus pode conseguir uma façanha tão assombrosa em mim, como um ser humano ordinário e normal, um que está profundamente arraigado com a tendência a pecar, é tão assombroso que o louvarei, honrarei e glorificarei por toda a eternidade por ter-me salvado. Assim minha vida, a nova criação, verdadeiramente trará honra e glória a Deus. Esta é a esperança viva que tenho, pelo que luto, pelo que vivo e no que meus olhos estão firmemente fixos.

“Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, que segundo a sua grande misericórdia nos fez renascer para uma esperança viva, pela ressurreição dos mortos de Jesus Cristo, para uma herança incorruptível, incontaminada e imaterial, reservada nos céus para vós, que sois guardados pelo poder de Deus mediante a fé, para alcançar a salvação que está preparada para ser manifestada no tempo derradeiro.”  1 Pedro 1:3-5.

 O que significa ser partícipes da natureza divina?