Salvação Pela Vida De Cristo

Romanos 5:10: Salvação depois da reconciliação

Há mais salvação que pode ser ganha depois de termos sido salvos. Romanos 5:10 diz: “Porque se, sendo inimigos, fomos reconciliados com Deus pela morte de seu Filho, muito mais, estando reconciliados, seremos salvos por sua vida.” 

A primeira salvação consiste em receber perdão pelos pecados cometidos. A segunda salvação vem por andar em obediência à fé, a isto se chama: andar na luz enquanto tens a luz, para que sejas filho de luz.  Na luz há vida, e a luz era a vida, e a vida é a luz dos homens. Ser filhos de luz é o mesmo que ser um filho de vida. Jesus Cristo é o Príncipe na luz; Ele é o Príncipe da vida. Satanás é o príncipe da escuridão; ele tem o império da morte.

Vivificado pelo Espírito

A salvação que vem através da vida de Cristo agora é que Ele, por meio de Seu Espírito e através de Sua luz e vida, nos vivifica – nos dá vida.  Ele anela zelosamente o espírito que faz habitar dentro de nós, mas Ele dá maior graça. À medida que a luz aumenta, a escuridão diminui. A luz traz vida, e à medida que as trevas diminuem, a morte vai com ela.  Aquele que tinha o império da morte, isto é, o diabo, também foi destruído.  Paulo ainda não havia alcançado uma salvação perfeita através da vida de Cristo, mas prosseguiu à meta para alcançá-la (Filipenses 3.12).  Nós também devemos seguir adiante para esta meta nesta salvação; é uma meta indescritivelmente alta que se encontra na perfeita lei da liberdade. 

Na primeira salvação Jesus tornou-se a nossa oferta pelos pecados. Na segunda salvação Ele é o nosso Sumo Sacerdote e advogado.  Assim, Ele é o Mediador de um novo pacto, para que intervindo morte para a remissão das transgressões que havia sob o primeiro pacto. (Hebreus 9:15).  

Juízo traz salvação

Pedro também fala da salvação por meio da vida de Cristo em 1 de Pedro 4:17: “Porque é tempo de que o julgamento comece pela casa de Deus; e se começa por nós primeiro, qual será o fim daqueles que não obedecem ao evangelho de Deus?” 

O julgamento começa primeiro pela casa de Deus, ou seja, conosco. Este é o julgamento: que a luz veio ao mundo. Este julgamento é experimentado quando Deus nos ilumina com Sua luz. Por meio desta luz, sabemos que temos que pôr as coisas em ordem. Só assim podemos ser fiéis à luz e tornar-nos filhos da luz. E é precisamente porque a luz traz julgamento que as pessoas a aborrecem. Se tudo no coração de uma pessoa estivesse em ordem, a luz lhe traria alegria infinita e se alegraria nela. No entanto, somos inerentemente maus; somos completamente obscuros e cometemos muitas obras de trevas que precisam ser limpas através da luz e do julgamento.  Portanto, a luz, em vez de vos trazer alegria, faz com que sejam contristados. O jovem rico foi embora triste, e a maioria das pessoas hoje em dia faz o mesmo quando a luz da Palavra fere seus corações. As Escrituras predisseram isto, e por isso está escrito: “Se hoje ouvirdes a sua voz, não endureçais os vossos corações.” (Salmo 95:7-8, Hebreus 3:17-8) 

Salvação pela vida de Cristo

O que acontece se não endurecemos nossos corações? Iremos de luz em luz e chegaremos a entender que o julgamento se converte em algo justo, e o resultado é que já não temos tanto medo de nos julgar a nós mesmos e de estar de acordo com a luz.  Isto se torna cada vez mais fácil para nós, porque seguimos andando na luz e nos tornamos mais conscientes do quanto somos miseráveis segundo a carne.  Quando chegamos a este ponto, há um ódio pela nossa própria vida, o que nos permite passar a prova que Cristo requer de todos aqueles que querem ser Seus discípulos.  No entanto, a glória aumentará, pois os sofrimentos na carne mantêm a escuridão e a maldade em sujeição. Além disso, tornar-nos-á mais conscientes da herança na luz, aumentando a fraternidade e tornando-a mais fervorosa.  O sangue limpa todos os pecados, e torna maior do que nunca a nossa comunhão e proximidade com o Pai. O nosso serviço no Espírito torna-se também mais valioso, e portanto mais e mais pessoas nos odiarão e pronunciarão o nosso nome como mau.  

Jesus fui ouvido por causa de seu temor reverente. Andar na luz é o verdadeiro temor de Deus (temor reverente), e se andarmos neste caminho torna-se cada vez mais claro que Deus escuta nossas orações. Todas estas coisas são parte da salvação que vem através da vida de Cristo, mas só pode começar em nós depois que uma morte tenha ocorrido em nós para nos redimir dos pecados que cometemos sob o primeiro pacto.

Este artigo foi traduzido do norueguês e publicado pela primeira vez no jornal da BCC Skjulte Skatter (Tesouros Escondidos) em outubro de 1920.

 Salvação pela vida de Cristo